Notícias

22/07/2020

No Dia do Combate ao Feminicídio, Provopar reforça o seu apoio às ações em favor das vítimas de violência

No Paraná, 22 de julho é Dia de Combate ao Feminicídio, um crime que não pode ser permitido em nossa sociedade! Conscientes desse problema é preciso agir. Por isso, o Provopar Estadual apoia toda e qualquer ação que possa minimizar o sofrimento das vítimas, e que por vezes acabam pagando um alto preço, muitas vezes com suas próprias vidas.

É por isso que a presidente do Provopar,  Carlise Kwiatkowski, abraça a causa das mulheres vítimas de violência. Recentemente, participou da Campanha Sinal Vermelho para ensinar como essas mulheres vitimizadas podem fazer denúncias de uma forma discreta e segura.

Para isso, basta que a vítima desenhe na palma da mão uma marca em cruz, de preferencia em vermelho (com o próprio batom), e, dessa forma, mostre esse sinal, de forma discreta, ao atendente de uma farmácia. Eles estão preparados para fazer esse pedido silencioso de socorro chegar às autoridades policiais para tomada de providencias.

“O mundo moderno não comporta mais a história de que em briga de casal não se mete a colher. Se mete sim, e temos a obrigação de fazer a denuncia, porque assim vamos banir a violência contra a mulher da nossa sociedade, cientes de que estamos amparados na lei”, concluiu Carlise.

***

Leia também: Provopar e parceiros apoiam instituição de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica

***

VÍDEO CAMPANHA SINAL VERMELHO

Fonte: Zac Lucatelli

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.