Notícias

28/09/2020

Cresce a demanda por doações de alimentos durante a pandemia

A pandemia ainda não acabou e, por isso, continuam crescentes as demandas por alimentos no atendimento emergencial realizado pelo Provopar Estadual, em especial para famílias que sofrem os efeitos da crise econômica. Os pedidos chegam de todos os lugares, e são feitos por homens e mulheres (chefes de famílias) que estão desempregados ou por representantes de instituições que atendem famílias em situação de vulnerabilidade social.

“Desde o início da pandemia não paramos com o atendimento emergencial para levar os alimentos na mesa das famílias que já não podem mais esperar”, disse a Diretora de Ação Social do Provopar, Silvana Aichinger. “Por orientação da nossa presidente Carlise, fazemos os repasses no mesmo instante que chegam as doações para, dessa forma, atender imediatamente as pessoas necessitadas”, acrescentou.

O QUE DOAR? Por isso, o Provopar Estadual convida a população solidária a participar da ação de atendimento emergencial das famílias vulneráveis, especialmente neste período de enfrentamento da pandemia, para que todos façam doações de alimentos. Entre os produtos mais requisitados estão: arroz, feijão, macarrão, sal, açúcar, farinhas, óleos, massa de tomate, fubá, leite em pó, biscoitos, achocolatado e outros alimentos que possam tornar as cestas básicas ainda mais nutritivas.

Empresas do ramo alimentício também podem participar com doações de lotes de produtos fornecidos ao mercado varejista e de atacado. Essa parceria com o setor empresarial possibilita ampliar o atendimento para famílias em comunidades da capital paranaense, Região Metropolitana de Curitiba, Litoral e Interior do Estado.

“Temos um histórico de atendimento nos 399 municípios do Paraná, e para estas cidades enviamos as doações feitas por nossos parceiros e pessoas sensíveis que estão envolvidas com as nossas causas”, concluiu a Diretora do Provopar. Para doações, ligue: (41) 3234-1118.

***

Fonte: Zac Lucatelli

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.