Notícias

17/08/2020

Previsão de muito frio, e até neve, faz aumentar o alerta para doações ao Provopar

De acordo com o site MetSul, uma massa de ar polar intensa vai atingir a região sul do Brasil, a partir da próxima quinta-feira (20), com potencial histórico de neve e muito frio em Curitiba e região. (Fonte: https://paranaportal.uol.com.br/cidades/neve-no-parana/). A previsão é de temperaturas abaixo de zero grau, o que aumenta a necessidade de atendimentos às famílias mais vulneráveis, que necessitam de doações da Campanha do Agasalho 2020, promovida pelo Provopar Estadual, em parceria com o Instituto Pró-Cidadania.

Até o momento, a Campanha já entregou mais de 45 mil itens para aquecer famílias vulneráveis neste inverno. Com ajuda de pessoas solidárias, foi possível repassar diversos lotes com peças de roupas masculinas, femininas e infantis, além de cobertores e mantas que representam verdadeiros presentes para aquecer toda a família.

Ainda nesse período, além das doações da Campanha, mais de 50 colchões também foram repassados pelo Provopar, que realiza o atendimento emergencial para entrega de cestas básicas às famílias que passam por dificuldades extremas.

“Estamos em um ano muito complicado, com frio e previsões de neve, que aumentam as dificuldades já agravadas pela pandemia e até por outros desastres naturais, como vimos recentemente em nosso litoral”, disse a Presidente do Provopar, Carlise Kwiatkowski.

Ela se refere a um dos momentos críticos que se deu, em 30 de julho, quando da passagem do ciclone extratropical, que atingiu alguns municípios da costa litorânea. As fortes chuvas chegaram acompanhadas por queda de granizo e ventos com mais de 100 km/hora, e provocaram destruição e perdas materiais para muitas famílias. “Apesar da destruição, contamos naquele momento com anjos parceiros que nos ajudaram a amparar as famílias em nosso atendimento humanitário”, lembrou Carlise.

Além de manter aberta a Campanha do Agasalho para receber roupas quentes e cobertores que são imediatamente destinados às famílias, e tendo em vista que a pandemia ainda não acabou, o Provopar Estadual reitera a solicitação feita anteriormente para que a comunidade faça doações de alimentos secos. Também solicita por doações de materiais de limpeza e de higiene pessoal, além de produtos considerados essenciais na proteção e segurança das pessoas neste enfrentamento ao novo Coranavírus.

Empresários solidários também podem contribuir com repasses de produtos da indústria alimentícia, além de equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras, álcool em gel e sabonetes, entre outros. Os alimentos são adicionados às cestas básicas que chegam às famílias para aliviar a fome e minimizar o sofrimento em tempos de pandemia.

Leia também: Provopar precisa de doações de alimentos para o atendimento emergencial das famílias.

Para saber onde e como doar, visite o site oficial do Provopar Estadual. O telefone de contato (41) 3234-1118. Venha fazer parte desta corrente de solidariedade!

***

Fonte: Zac Lucatelli

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.