A realidade é outra se você fizer parte dela

  • Twitter Provopar
  • Facebook Provopar
  • Instagram
  • Youtube

Notícias Destaque

15/01/2019

Clientes da Copel podem fazer doações ao Provopar através da conta de energia elétrica

Com as doações que são feitas todos os meses através da conta de energia elétrica, os clientes da Copel, estão ajudando o Provopar Estadual a mudar para melhor a vida de milhares de famílias paranaenses em vulnerabilidade social.

O Provopar Estadual realiza diversas ações e programas com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de famílias em situação de vulnerabilidade. Uma tarefa difícil, árdua, mas que pode ser cumprida, com o seu apoio.

Para tanto, basta tornar-se um parceiro contribuinte do Provopar Estadual, através de sua conta de luz. Sua contribuição é muito importante, pois juntos vamos dar dignidade e cidadania para milhares de paranaenses. Lembre-se que a verdadeira felicidade, consiste em levar amor e solidariedade a quem realmente precisa.

“Estamos fazendo o possível para ajudar muitas famílias paranaenses. E tudo vem sendo feito com o apoio de nossos parceiros, sem os quais seria praticamente difícil atender essas famílias. Qualquer valor doado através da conta de luz ajuda a fazer a diferença”, afirmou Carlise Kwiatkowski, presidente do Provopar.

Seja um parceiro do Provopar Estadual. Veja como é fácil, basta clicar neste link e preencher o formulário.  

Pronto, você está a um passo de se tornar parceiro do Provopar Estadual e do maior programa de transformação social do Paraná. Demonstre seu amor pelo Paraná, seja parceiro da SOLIDARIEDADE.

COPEL É PIONEIRA - A Copel é pioneira no setor elétrico brasileiro em promover arrecadações para entidades que prestam serviço à comunidade através de sua fatura de energia. A primeira entidade beneficiada foi a Pastoral da Criança, em 1998. Atualmente o programa beneficia mais de 100 entidades, entre as quais o Provopar Estadual.

 

SEJA UM PARCEIRO DO PROVOPAR ESTADUAL CLIQUE AQUI E PREENCHA O FORMULÁRIO. 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.