A realidade é outra se você fizer parte dela

Notícias

16/10/2017

Ecocidadão capacita 26 catadores de recicláveis em Carambeí

O programa Ecocidadão III Paraná, promovido pelo Provopar Estadual, Sanepar e Governo do Estado, através do Instituto das Águas, teve continuidade com a realização de curso de capacitação para 26 associados da Cooperativa Ambiental de Carambeí, na região dos Campos Gerais. O curso contou com total apoio da Prefeitura, através das secretarias municipais do Meio Ambiente e Desenvolvimento.

As aulas foram ministradas pelos agentes ambientais Daiane Gonzaga e Felipe Silveira, do convênio Provopar Estadual/Sanepar, que elogiaram a ótima estrutura que o município dispõe para a coleta seletiva e separação do material reciclado. “O material é bem separado, a população ajuda e o que chega a associação, na sua grande parte, é aproveitado", ressalta  Daiane.

Segundo ela, através do curso, os cooperados puderam expor suas experiências com o cooperativismo e, ao mesmo tempo, conhecer seus direitos e obrigações para com a instituição. “Eles também foram sensibilizados quanto a importância da união do grupo, para que haja um aperfeiçoamento na produção e o fortalecimento da coletividade. Trata-se de um grupo participativo, que interagiu com todas as atividades do curso. Além do mais os associados puderam esclarecer todas as suas dúvidas sobre assuntos pertinentes a organização associativa e questões gerais sobre coleta, separação e destino final dos produtos recicláveis”.

A agente ambiental explicou que as palestras aconteceram com dinâmicas e de forma homogênea, com temas como organização financeira, organização do espaço, layout, planejamento e o estudo do estatuto. Ao todo serão realizados quatro encontros no município até o fim do ano. O município de Carambeí foi indicado para participar do Programa Ecocidadão III Paraná após receber do Instituto das Águas um caminhão e equipamentos para coleta seletiva.

EXEMPLO DE SUSTENTABILIDADE – O município de Carambeí é exemplo de sustentabilidade, ao promover a troca de recicláveis por frutas e verduras. O programa Troca Saudável, implantado recentemente, chegou a recolher num só dia cerca de 5 toneladas de material recicláveis.  

Com a participação intensiva da comunidade e parceria com a Cooperativa Ambiental, a prefeitura com intervalos de 15 dias efetua o programa de troca, que tem como objetivo levar uma alimentação saudável sem custo a população, que por sua vez torna a cidade mais limpa.

De acordo com a presidente da Cooperativa Ambiental, Cleide Aparecida de Oliveira, o programa que troca quatro quilos de material reciclado por um quilo de frutas e verduras está contribuindo consideravelmente com o trabalho da cooperativa. “A população se empenha muito mais quando há uma compensação e sendo assim a nossa expectativa é que aumente cada vez mais o volume recolhido”, argumenta.

Cleide explica que o programa também colabora para que a comunidade armazene o material corretamente, separando o que realmente é possível reciclar. Ela alerta para que os materiais como caixas de leite, copinhos de iogurte, latas, garrafas entre outros sejam lavados para evitar mal cheiro e perda do material.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Provopar

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.